Informativos

Dicas para quem vai deixar o cão em hotel

Quando o cão fica em hotel para animais é separado de quase tudo que conhece. Isso pode causar nele um certo estresse. Existem diversos cuidados que ajudam a reduzir o desgaste e aumentam as chances de uma estadia mais tranqüila fora de casa.

Reforço imunológico
O estresse provocado pela mudança de ambiente pode causar baixa no sistema imunológico do cão e deixá-lo mais suscetível a parasitas e doenças. É importante verificar se a aplicação de vacina e de vermífugo está em dia e se ele está isento de parasitas externos, como pulgas e carrapatos. Caso seja preciso vacinar o cão, providencie para que isso seja feito algumas semanas antes de ele ir para o hotel (informe-se com um médico veterinário). Desse modo, o sistema imunológico do cão não estará sobrecarregado durante a estadia fora de casa.

Adaptação a novo alimento
Os cães se adaptam à ração que consomem, ao ser oferecida uma ração diferente, o organismo precisa se readaptar. Embora a tarefa seja tranqüila, é conveniente evitar que ocorra juntamente com o estresse causado por estar em local diferente. Portanto, quando faltarem uns quatro dias para o cão ir para o hotel, comece a dar a ele a ração que será servida lá.

Estímulo ao paladar
Se o cão não tem grande apetite e deixa de comer quando está ansioso, procure aumentar a motivação dele nesse aspecto. Alguns dias antes de levá-lo ao hotel, comece a servir um alimento mais palatável. Por exemplo, acrescente um pouco de ração úmida em lata à ração seca. Se der certo, peça ao hotel para manter a estratégia.

Cão habituado a comer perto do proprietário
Muitos proprietários dão comida na boca do cão. Outros ficam por perto enquanto ele come. Costumes como esses fazem o cão aprender que, ao recusar comida, pode receber atenção adicional dos proprietários. Se o seu cão estiver nesse grupo, quando ele se sentir carente no hotel, poderá optar por não se alimentar na ilusão de que você apareça. Para evitar o problema, antes de ele ir para o hotel, acostume-o a comer independentemente da sua presença e da dos demais familiares.

Cão que nunca se afasta do dono
Se você for do tipo que não se distancia do cão – há quem não se separe nem quando vai ao banheiro –, prepare-se para reduzir o estresse dele quando ele tiver de ficar sozinho no hotel. Impeça-o, aos poucos, de seguir você o tempo todo.
Tente também aumentar a autoconfiança do cão. Leve-o para passear com guia longa, deixando-o explorar o ambiente livremente, sem chamá-lo de volta a cada 30 segundos! Faça-o ter momentos de prazer na sua ausência. Por exemplo, providencie para que ele saia para passear com um passeador de cães ou para treinar com um adestrador!

A bagagem
Envie ao hotel um pano com o seu cheiro (uma camiseta sua usada, por exemplo) e os brinquedos preferidos do cão, quando ele for para lá. Cheiros e objetos conhecidos ajudam a tranqüilizar o cão. É comum, nos primeiros dias, o cão dormir em cima de um pano com odor do dono até se adaptar melhor ao novo local.

Evitar troca de hotel
Se possível, procure hospedar o cão sempre no mesmo hotel. Assim, a adaptação dele será cada vez mais rápida. Alguns cães se mostram felizes quando chegam ao hotel e reencontram pessoas que conhecem.

Sem culpa
Cães que convivem conosco aprendem a perceber as nossas emoções. Se você ficar apreensivo ou triste antes de enviar o cão ao hotel, poderá aumentar a ansiedade dele (nem sempre o cão entende por que o dono fica ansioso). Aja com naturalidade na partida do cão quando ele estiver indo para o hotel e durante a volta dele para casa.

Resumo
• Ao trocar a ração oferecida em casa pela do hotel, faça-o pelo menos quatro dias antes da viagem
• Confira se a aplicação das vacinas e do vermífugo está em dia
• Não deixe o cão seguir você e seus familiares dentro de casa o tempo todo
• Envie ao hotel um pano com o seu cheiro e os brinquedos preferidos do cão
• Evite trocas desnecessárias de hotel
• Controle a ansiedade na despedida do cão

Fonte: Alexandre Rossi

 

  Atendimento:
(19) 3432.4915 / 9.8139.3597 / 9.9647.9859

Endereço:
Rua Samuel Neves, 1867
São Judas - Piracicaba - SP


       
Copyright © - 2019
Perfil Studio
     
     Informativos

Dicas para quem vai deixar o cão em hotel

Quando o cão fica em hotel para animais é separado de quase tudo que conhece. Isso pode causar nele um certo estresse. Existem diversos cuidados que ajudam a reduzir o desgaste e aumentam as chances de uma estadia mais tranqüila fora de casa.

Reforço imunológico
O estresse provocado pela mudança de ambiente pode causar baixa no sistema imunológico do cão e deixá-lo mais suscetível a parasitas e doenças. É importante verificar se a aplicação de vacina e de vermífugo está em dia e se ele está isento de parasitas externos, como pulgas e carrapatos. Caso seja preciso vacinar o cão, providencie para que isso seja feito algumas semanas antes de ele ir para o hotel (informe-se com um médico veterinário). Desse modo, o sistema imunológico do cão não estará sobrecarregado durante a estadia fora de casa.

Adaptação a novo alimento
Os cães se adaptam à ração que consomem, ao ser oferecida uma ração diferente, o organismo precisa se readaptar. Embora a tarefa seja tranqüila, é conveniente evitar que ocorra juntamente com o estresse causado por estar em local diferente. Portanto, quando faltarem uns quatro dias para o cão ir para o hotel, comece a dar a ele a ração que será servida lá.

Estímulo ao paladar
Se o cão não tem grande apetite e deixa de comer quando está ansioso, procure aumentar a motivação dele nesse aspecto. Alguns dias antes de levá-lo ao hotel, comece a servir um alimento mais palatável. Por exemplo, acrescente um pouco de ração úmida em lata à ração seca. Se der certo, peça ao hotel para manter a estratégia.

Cão habituado a comer perto do proprietário
Muitos proprietários dão comida na boca do cão. Outros ficam por perto enquanto ele come. Costumes como esses fazem o cão aprender que, ao recusar comida, pode receber atenção adicional dos proprietários. Se o seu cão estiver nesse grupo, quando ele se sentir carente no hotel, poderá optar por não se alimentar na ilusão de que você apareça. Para evitar o problema, antes de ele ir para o hotel, acostume-o a comer independentemente da sua presença e da dos demais familiares.

Cão que nunca se afasta do dono
Se você for do tipo que não se distancia do cão – há quem não se separe nem quando vai ao banheiro –, prepare-se para reduzir o estresse dele quando ele tiver de ficar sozinho no hotel. Impeça-o, aos poucos, de seguir você o tempo todo.
Tente também aumentar a autoconfiança do cão. Leve-o para passear com guia longa, deixando-o explorar o ambiente livremente, sem chamá-lo de volta a cada 30 segundos! Faça-o ter momentos de prazer na sua ausência. Por exemplo, providencie para que ele saia para passear com um passeador de cães ou para treinar com um adestrador!

A bagagem
Envie ao hotel um pano com o seu cheiro (uma camiseta sua usada, por exemplo) e os brinquedos preferidos do cão, quando ele for para lá. Cheiros e objetos conhecidos ajudam a tranqüilizar o cão. É comum, nos primeiros dias, o cão dormir em cima de um pano com odor do dono até se adaptar melhor ao novo local.

Evitar troca de hotel
Se possível, procure hospedar o cão sempre no mesmo hotel. Assim, a adaptação dele será cada vez mais rápida. Alguns cães se mostram felizes quando chegam ao hotel e reencontram pessoas que conhecem.

Sem culpa
Cães que convivem conosco aprendem a perceber as nossas emoções. Se você ficar apreensivo ou triste antes de enviar o cão ao hotel, poderá aumentar a ansiedade dele (nem sempre o cão entende por que o dono fica ansioso). Aja com naturalidade na partida do cão quando ele estiver indo para o hotel e durante a volta dele para casa.

Resumo
• Ao trocar a ração oferecida em casa pela do hotel, faça-o pelo menos quatro dias antes da viagem
• Confira se a aplicação das vacinas e do vermífugo está em dia
• Não deixe o cão seguir você e seus familiares dentro de casa o tempo todo
• Envie ao hotel um pano com o seu cheiro e os brinquedos preferidos do cão
• Evite trocas desnecessárias de hotel
• Controle a ansiedade na despedida do cão

Fonte: Alexandre Rossi

 

  Atendimento:
(19) 3432.4915 / 9.8139.3597 / 9.9647.9859

Endereço:
Rua Samuel Neves, 1867
São Judas - Piracicaba - SP


       
Copyright © - 2019
Perfil Studio
     
     Informativos

Dicas para quem vai deixar o cão em hotel

Quando o cão fica em hotel para animais é separado de quase tudo que conhece. Isso pode causar nele um certo estresse. Existem diversos cuidados que ajudam a reduzir o desgaste e aumentam as chances de uma estadia mais tranqüila fora de casa.

Reforço imunológico
O estresse provocado pela mudança de ambiente pode causar baixa no sistema imunológico do cão e deixá-lo mais suscetível a parasitas e doenças. É importante verificar se a aplicação de vacina e de vermífugo está em dia e se ele está isento de parasitas externos, como pulgas e carrapatos. Caso seja preciso vacinar o cão, providencie para que isso seja feito algumas semanas antes de ele ir para o hotel (informe-se com um médico veterinário). Desse modo, o sistema imunológico do cão não estará sobrecarregado durante a estadia fora de casa.

Adaptação a novo alimento
Os cães se adaptam à ração que consomem, ao ser oferecida uma ração diferente, o organismo precisa se readaptar. Embora a tarefa seja tranqüila, é conveniente evitar que ocorra juntamente com o estresse causado por estar em local diferente. Portanto, quando faltarem uns quatro dias para o cão ir para o hotel, comece a dar a ele a ração que será servida lá.

Estímulo ao paladar
Se o cão não tem grande apetite e deixa de comer quando está ansioso, procure aumentar a motivação dele nesse aspecto. Alguns dias antes de levá-lo ao hotel, comece a servir um alimento mais palatável. Por exemplo, acrescente um pouco de ração úmida em lata à ração seca. Se der certo, peça ao hotel para manter a estratégia.

Cão habituado a comer perto do proprietário
Muitos proprietários dão comida na boca do cão. Outros ficam por perto enquanto ele come. Costumes como esses fazem o cão aprender que, ao recusar comida, pode receber atenção adicional dos proprietários. Se o seu cão estiver nesse grupo, quando ele se sentir carente no hotel, poderá optar por não se alimentar na ilusão de que você apareça. Para evitar o problema, antes de ele ir para o hotel, acostume-o a comer independentemente da sua presença e da dos demais familiares.

Cão que nunca se afasta do dono
Se você for do tipo que não se distancia do cão – há quem não se separe nem quando vai ao banheiro –, prepare-se para reduzir o estresse dele quando ele tiver de ficar sozinho no hotel. Impeça-o, aos poucos, de seguir você o tempo todo.
Tente também aumentar a autoconfiança do cão. Leve-o para passear com guia longa, deixando-o explorar o ambiente livremente, sem chamá-lo de volta a cada 30 segundos! Faça-o ter momentos de prazer na sua ausência. Por exemplo, providencie para que ele saia para passear com um passeador de cães ou para treinar com um adestrador!

A bagagem
Envie ao hotel um pano com o seu cheiro (uma camiseta sua usada, por exemplo) e os brinquedos preferidos do cão, quando ele for para lá. Cheiros e objetos conhecidos ajudam a tranqüilizar o cão. É comum, nos primeiros dias, o cão dormir em cima de um pano com odor do dono até se adaptar melhor ao novo local.

Evitar troca de hotel
Se possível, procure hospedar o cão sempre no mesmo hotel. Assim, a adaptação dele será cada vez mais rápida. Alguns cães se mostram felizes quando chegam ao hotel e reencontram pessoas que conhecem.

Sem culpa
Cães que convivem conosco aprendem a perceber as nossas emoções. Se você ficar apreensivo ou triste antes de enviar o cão ao hotel, poderá aumentar a ansiedade dele (nem sempre o cão entende por que o dono fica ansioso). Aja com naturalidade na partida do cão quando ele estiver indo para o hotel e durante a volta dele para casa.

Resumo
• Ao trocar a ração oferecida em casa pela do hotel, faça-o pelo menos quatro dias antes da viagem
• Confira se a aplicação das vacinas e do vermífugo está em dia
• Não deixe o cão seguir você e seus familiares dentro de casa o tempo todo
• Envie ao hotel um pano com o seu cheiro e os brinquedos preferidos do cão
• Evite trocas desnecessárias de hotel
• Controle a ansiedade na despedida do cão

Fonte: Alexandre Rossi

 

Atendimento:
(19) 3432.4915 / 9.8139.3597 / 9.9647.9859

Endereço:
Rua Samuel Neves, 1867
São Judas - Piracicaba - SP
 
 
Copyright © - 2019
Perfil Studio